Time Out Lisboa review by José Carlos Fernandes


Harris Eisenstadt – Canada Day (CF 157) ****
O baterista canadiano Harris Eisenstadt estreou-se na Clean Feed com um álbum de inspiração africana, Guewel, mas aqui muda bruscamente de latitude para render homenagem ao seu país natal. Rodeou-se para tal de quatro jovens jazzmen cheios de talento – Nate Wooley trompete), Matt Bauder (sax), Chris Dingman (vibrafone) e Eivind Opsvik (contrabaixo) – e compôs oito peças bem variadas.
Num disco que sendo assumidamente moderno, é capaz de seduzir “tradicionalistas”, destaquem-se “After an Outdoor Bath”, com ritmos fluidos e deslizantes e solos de impressionante vitalidade e invenção por Wooley e Bauder, e “Halifax”, de pulsação encantatória e em que Eisenstadt mostra, com a discrição que lhe é usual, a sua deslumbrante panóplia de recursos.

+ There are no comments

Add yours